Palestras vão discutir oportunidades de negócios no mercado de games, na ExpoLondrina

0
98

Programação de conteúdos será conduzida pelo Londrina Audiovisual (LAVi), Sebrae Paraná e SRP na Expo Games. Inscrições são gratuitas

O mercado audiovisual foi um dos mais impactados pela pandemia da Covid-19, mas um nicho dentro do segmento cresceu durante o período de isolamento social: o mercado de games. No Brasil, o comércio de jogos faturou cerca de U$ 2 bilhões em 2021, com alta de 5% em relação ao ano anterior. Para discutir as oportunidades de negócios e construção de carreiras nessa área, o Londrina Audiovisual (LAVi), Sebrae Paraná e Sociedade Rural do Paraná (SRP) prepararam uma programação de conteúdos gratuita, que estará entre as atrações da Arena Gamer, na ExpoLondrina.

A arena de 1,6 mil metros quadrados, que receberá atividades e experiências em entretenimento, inovação e tecnologia do universo gamer, é uma das principais novidades da feira agropecuária neste ano. E entre os dias 1º e 9 de abril, sempre das 10h às 12h, serão realizados os chamados LAVi Talks, com conteúdos que abordarão novos caminhos para o mercado audiovisual, com temas como desenho de som, game na educação, proteção de jogos com a propriedade intelectual, além de bate-papo com os criadores de um jogo premiado.

O presidente da governança Londrina Audiovisual (LAVi), Luciano Pascoal, diz que o mercado de games vai muito além do puro entretenimento. “A gamificação é um movimento que veio para ficar e se expandir. No mundo corporativo, é muito utilizada para promover o engajamento entre colaboradores, aumentando a produtividade e melhorando o clima organizacional”, explica. Já na educação, é uma ferramenta imprescindível para desenvolver o potencial de aprendizado das novas gerações.

Na avaliação de Pascoal, Londrina tem um ecossistema de inovação forte e organizado e não pode ficar de fora desse mercado em crescimento. “Os profissionais de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) serão parceiros fundamentais nesse processo”. Por isso, o espaço como a Arena Gamer, na ExpoLondrina, é importante para unir e expandir o setor, fomentar o networking, descobrir potencialidades e novas possibilidades de trabalho e desenvolvimento.

A consultora do Sebrae Paraná, Liciana Pedroso, afirma que o objetivo de levar esses conteúdos é abrir novos horizontes, para os profissionais do audiovisual e do público em geral, que vão além do entretenimento. “Vamos trazer conteúdos sobre gamificação empresarial, editais de captação de recursos, como criar o design de um game, sempre focados em oportunidades de negócios”, explica. Toda a programação é gratuita, mas é necessário confirmar a participação antecipadamente em cada palestra. A inscrição dá direto à entrada no Parque de Exposições Ney Braga.

O diretor-adjunto comercial da Sociedade Rural do Paraná (SRP), Renan Vinícius Salvador, informa que o objetivo principal da Area Gamer é fazer a conexão entre tecnologia, inovação, agronegócio e gamificação. A intenção é atrair as novas gerações para o mundo do agro. “Por meio desses conteúdos técnicos, vamos mostrar como os games são usados no agro para gerar valor agregado no campo”, completa.

Confira a programação completa e os links de inscrição para cada palestra, abaixo:

01/04: NFT, tokens e os novos caminhos para o mercado audiovisual

https://bit.ly/36LK1BY

02/04: Desenho de Som, o tank do Audiovisual!

https://bit.ly/3LqQZel

06/04: Game na Educação

https://bit.ly/3LtyBS6

08/04: AD Alert! Proteção de jogos com a Propriedade Intelectual

https://bit.ly/375Li72

09/04: Gamellito Adventures, roteiro e criação de um jogo premiado!

https://bit.ly/36BzJVh

Sobre o Sebrae 50+50 

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Construir o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

Compartilhe